Veja como fazer um planejamento comercial para sua empresa

Redação Redesul :)

Redação Redesul :)

O melhor da Redesul com estratégias para prosperar e aumentar seus investimentos.

Quem administra um negócio, sabe o quanto a gestão pode ser desgastante, com tantas demandas e desafios diários para superar. Porém, se você sente que há problemas demais na rotina corporativa e que isso está prejudicando sua empresa, talvez seja a hora de pensar em fazer um planejamento comercial efetivo.

Se planejar isso com clareza e foco, você certamente conseguirá ter mais controle sobre o negócio e colocar a empresa nos eixos, definindo uma rota certeira de crescimento.

Se você quer entender a maneira correta de fazer um planejamento comercial para organizar o seu negócio, esse post vai ajudar bastante!

O que é um planejamento comercial?

Definir as metas para alcançar e como chegar lá faz parte de um bom planjemanto comercial, mas não apenas isso. É preciso também realizar um diagnóstico da situação do seu negócio. Se você ainda não tem as finanças bem organizadas, é muito importante que você passe a registrar absolutamente todo o valor que entra e sai da sua empresa; cada centavo. Só assim você conseguira ter uma noção real do seu faturamento.

Um plano de ação empresarial bem executado vai fazer com que você conheça melhor o seu negócio, seja capaz de ajustar as contas da empresa e ainda otimizar lucros. Você terá uma visão mais apurada do que é necessário para alcançar todos os resultados que deseja.

Tenha em mente que, por mais que o ambiente comercial possa exigir certo “feeling”, esse talento natural para os negócios nunca é o bastante. Muitas vezes, é preciso mais transpiração do que inspiração, portanto, coloque a mão na massa e aja de forma organizada e programada para ter chances reais de concretizar boas ideias.

O que queremos dizer é que você deve evitar agir de maneira improvisada e intuitiva. Mesmo que sinta que domina a sua área de atuação, essa postura não é sustentável, tampouco inclinada ao crescimento. Procure cada vez mais se afastar do amadorismo e avançar para o profissionalismo.

São muitos os desafios que os empreendedores precisam lidar, incluindo os solavancos da micro e macroeconomia. Por isso, tenha discernimento e controle sobre o que faz para otimizar suas empreitadas comerciais.

Qual é a importância do planejamento comercial?

importancia do planejamento comercial

Sem um planejamento comercial, você fica à mercê de improviso, intuição e “achismos”. Em ouras palavras, seu negócio é gerenciado com amadorismo. A única forma de sair disso é colocando tudo no papel para entender qual a situação atual da sua empresa e o que você pode fazer a partir disso. Com clareza sobre a realidade, fica bem mais fácil identificar pontos fortes e fracos, além das possíveis melhorias que podem ser feitas.

Subestimar isso é como esperar que os ventos soprem a seu favor, sem que você tome o leme do barco e assuma o direcionamento da rota. Se você não levar isso a sério, estará sempre em risco de sofrer reveses inesperados e ter que encontrar soluções de forma emergencial. Geralmente, essas saídas desesperadas só tendem a agravar o problema no médio e longo prazo.

Assim, a melhor forma de ter tranquilidade e segurança quanto aos rumos do seu negócio continua sendo o planejamento comercial da sua empresa. No tópico a seguir, vamos apresentar o que é necessário para fazer isso da forma correta.

Como fazer o planejamento comercial da minha empresa?

Para fazer o planejamento comercial da sua empresa é preciso adotar medidas que possam transformar a situação atual de forma segura e com discernimento sobre o que está sendo feito. Abaixo vamos elencar alguns dos principais passos para que você consiga fazer isso. Veja!

Analise as contas

Já adiantamos em outro ponto desse post que o primeiro passo é entender o momento atual da sua empresa. Pois bem, isso envolverá conhecer tanto as despesas, quanto a receita do seu negócio.

Quanto de dinheiro tem saído e tem entrado? Do dinheiro que tem saído, qual o retorno que isso tem trazido? Afinal, todo custo deve ter um porquê e você deve entender como esse custo se encaixa no contexto do seu negócio.

Se perceber que não tem capital suficiente para realizar as mudanças que precisa, comece cortando possíveis gastos que não acrescentam na produtividade do empreendimento. Se isso não for o bastante, então é hora de se organizar para realizar a captação de recursos.

Hoje em dia, as opções vão muito além do tradicional empréstimo bancário que envolve juros exorbitantes e perda de dinheiro em médio e longo prazo. Por meio de cartas de crédito, por exemplo, você levanta os recursos que sua empresa necessita para crescer e desenvolver.

Não fique refém de operações que só trarão mais dívidas à sua empresa. Aproveite outras oportunidades muito mais econômicas que o mercado oferece.

Estabeleça metas e prazos

Não existe planejamento, seja lá de que natureza for, sem o devido estabelecimento de metas e prazos. Veja algumas perguntas que podem te ajudar com isso:

  • se você já identificou que precisa cortar gastos, por onde começará sem prejudicar a produtividade e lucratividade da sua empresa?
  • em quanto tempo você precisa ajustar as contas para que finalmente consiga sair do vermelho?
  • aonde você quer que o seu negócio esteja nos períodos de 1 ano, 5 anos e 10 anos?

Obviamente, você terá que responder a essas perguntas bem detalhadamente e registrar quais ações — que serão as metas que sua empresa precisa bater — levarão às respostas que necessita. Subdivindo os objetivos principais em etapas menores, fica bem mais fácil vislumbrar o que é necessário colocar em prática e em quanto tempo. Pense muito nisso.

Direcione o time de vendas

direcione o time de vendas

Lembra da analogia que fazíamos sobre os rumos da sua empresa como a navegação em alto mar? Pois bem, sem um capitão capaz de conduzir o barco e direcionar a equipe, os objetivos propostos se tornam vagos. Ao definir o que quer e precisa para o seu negócio, utilize dessa clareza para orientar o time de vendas de forma correta.

Estabeleça quanto é preciso vender no mês, no semestre e no ano. Estipule isso de acordo com os prazos definidos no planejamento empresarial e exija de forma justa que isso seja cumprido. Só assim, poderá ter segurança de que realmente está indo na direção certa.

Supervisione os novos direcionamentos

Não basta dar ordens e participar desse processo. Você deve também acompanhar os resultados para não ficar com a falsa impressão de que, de uma hora para outra, tudo ficou bem. Aliás, é bom avisar que quando estamos falando em planejamento não existem milagres: você terá que agir de maneira concreta e ter um pouco de paciência para colher os resultados.

Como pode ver, não é difícil fazer o planejamento comercial da sua empresa, basta ter foco e organização. Agora que tem as informações certas, será muito mais fácil realizar isso com segurança e tranquilidade.

Se gostou de aprender como deve ser feito o planejamento comercial, siga-nos nas redes sociais e continue por dentro do nosso conteúdo.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Entenda o que é e como fazer antecipação de recebíveis

5 práticas para fazer uma boa gestão financeira empresarial

Quer saber por que as empresas fecham? Veja as principais causas!

3 maneiras de conseguir capital de giro sem fazer empréstimo

A Única Maneira Comprovada de Comprar um Carro Parcelado Sem Juros

Quer tirar sua empresa do aluguel? Veja 4 maneiras de fazer isso

Materiais Educativos

Como conseguir capital de giro com consórcio

Crédito para investir no que quiser na sua empresa, pagando no mínimo duas vezes mais barato que empréstimo e no prazo certo.

Fale com nossos especialistas.

Trabalhe com a Redesul

Anexar Currículo no formato: .doc .pdf .docx (max 5mb )