O que é e como fazer a captação de recursos financeiros? Saiba mais!

como fazer a captacao de recursos financeiros

Entender o que é e como fazer a captação de recursos financeiros para a sua empresa é essencial para dar fôlego aos negócios, sobretudo quando ela se encontra em um momento de pouco crescimento e dificuldade de superar essa fase. Existem no mercado diversas opções que podem ser exploradas a fim de resolver esse problema.

Nesse post, vamos não só apontar para você que soluções são essas como detalhá-las a fim de que você possa ter clareza sobre isso e aproveitar essas oportunidades. Se quer entender melhor do que estamos falando, continue lendo e se atente às informações a seguir!

Afinal, o que é a captação de recursos financeiros?

Captação de recursos são as estratégias para angariar capital para sua empresa em um momento no qual ela precisa de uma injeção maior de recursos para poder crescer ou mesmo manter suas atividades. Ela pode se dar de diversas formas, que vão desde investidores anjos, venture capital, empréstimos bancários, subsídios governamentais até crowdfunding. Esses são somente alguns dos exemplos, e existem ainda outras formas de levantar capital para o seu negócio.

Por que ela é importante para a minha empresa?

porque a captacao de recursos financeiros e importante

Quando não se tem todo o dinheiro necessário para realizar transformações de que um empreendimento precisa, é muito importante que se saiba buscar algum auxílio para resolver essa situação. Afinal, você não vai deixar o seu negócio parar simplesmente por que se encontra em uma fase de restrições, não é mesmo? Ter a devida maleabilidade e iniciativa para buscar as melhores alternativas é essencial para driblar as adversidades.

Quando a economia do país ainda caminha com dificuldade, desenvolver tais estratégias se torna crucial. Por essa razão, vamos apresentar para você nos próximos tópicos algumas formas de alcançar esse ponto para que você consiga fazer a captação de recursos financeiros sem passar sufoco. Prossiga com a leitura para continuar aprendendo.

Quais são as principais formas de captação?

Conhecer as principais formas de captação é o que permitirá que você faça a escolha mais adequada à realidade da sua empresa. Logo abaixo detalhamos algumas delas. Confira!

Capital próprio

Muitas vezes, revendo a receita do empreendimento e identificando áreas que podem sofrer cortes e fazer com que o negócio otimize custos, já se torna possível alcançar o capital necessário por meio de recursos próprios. Esse é certamente o primeiro passo a ser analisado, pois evita que você busque ajuda externa e se endivide, por exemplo. Averigue bem se não seria possível partir de capital próprio para alcançar o rendimento desejado.

Investimento de amigos e parentes

Outra boa alternativa é contar com o investimento de amigos e parentes. O motivo para isso é que não terão a mesma rigidez e nem cobrança de taxas exorbitantes, como acontece no caso dos bancos e demais instituições financeiras. Essa maior flexibilidade permite que você adéque as contas da sua empresa sem precisar se endividar muito e resolva tudo com uma tranquilidade muito maior.

Se você tem pessoas à sua volta com quem pode contar e que teriam interesse em te ajudar no desenvolvimento do seu negócio, não hesite em contatá-las e explicá-las de forma clara o que está ocorrendo e porque quer o auxílio delas. Uma conversa franca e com acordos justos é um excelente passo para começar a resolver a situação financeira da sua empresa.

Crowdfunding

crowdfunding como captacao de recursos financeiros

O crowdfunding é como uma “vaquinha” virtual coletiva e tem sido uma opção muito utilizada pelos mais diversos tipos de negócio. Existem várias maneiras de captar recursos por essa via, desde receber a doação sem oferecer recompensa; doação oferecendo recompensa; com um investidor que contribui como um sócio; e também em forma de empréstimo. Vamos falar um pouco mais da maneira mais comum de fazer essa captação, que é oferecendo pequenas recompensas

Basicamente:

    • > você cria uma campanha de financiamento coletivo por meio de um site de crowdfunding, que organizará as informações, a coleta de recursos e os prêmios a serem dados a quem colaborar com sua campanha;
    • > você oferece pequenas recompensas para quem contribuir, podendo até mesmo deixá-las como opcionais (isso permite que o colaborador doe por boa vontade sem esperar nada em troca);
    • > é estipulada uma meta a ser batida dentro de um prazo específico no qual você se empenhará a conseguir o máximo de colaboradores para concluir a campanha com sucesso.

Viu como é fácil? E por ser um meio barato e com boas chances de dar certo, o crowdfunding pode ser uma ótima solução para sua empresa, sobretudo se ela tiver uma audiência engajada com o que você oferece. Avalie bem qual a situação do seu negócio e veja se essa solução se encaixa no perfil.

Subsídios governamentais

Mais uma boa maneira de evitar dívidas e complicações com as finanças ao angariar recursos para o seu negócio é buscando subsídios governamentais. Os empréstimos para empresas disponibilizados pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) costumam apresentar taxas bem abaixo das demais instituições financeiras e próximas da inflação.

Isso permite que você alcance o capital necessário sem se comprometer muito financeiramente. Vale lembrar que, em qualquer situação de empréstimo, é preciso avaliar três questões básicas:

    1. quanto dinheiro você precisa;
    2. quanto você tem disponível mensalmente para arcar com o pagamento do empréstimo;
    3. em quanto tempo você será capaz de quitar essa dívida.

Aja com prudência e certamente encontrará boas soluções. Essa é uma atitude primordial em situações como essa.

Investidor anjo

Com o crescimento das startups no Brasil, a figura do investidor anjo tem se tornado cada vez mais comum. Geralmente, ele é uma pessoa física ou um grupo de investidores dispostos a injetar recursos em uma empresa que apresenta potencial de crescimento. Além disso, costumam ser pessoas com grande know how na área em que atuam, podendo agir também como conselheiros do seu negócio.

Venture Capital (capital de risco)

O Venture Capital, ou simplesmente capital de risco, é um investimento realizado por terceiros que apostam em uma empresa com um mercado já consolidado, mas que precisa expandir suas atividades. Para se conseguir esse tipo de auxílio, é essencial que você prepare uma boa apresentação da sua empresa, tenha um público consumidor já assíduo e possa comprovar a boa atuação do seu negócio no ramo. A ideia é que o risco corrido pelos investidores vale a pena em relação ao ganho que se pode ter com o seu empreendimento no momento seguinte.

Agora que você conhece algumas soluções para captar recursos para sua empresa, pode aproveitar esse conhecimento para mudar a forma como vem buscado alternativas para o desenvolvimento do seu negócio.

Se gostou de saber o que é e como fazer a captação de recursos financeiros, entenda também como funciona o consórcio para empresas e o que é preciso planejar para não quebrar.

Deixe aqui o seu comentário

SOBRE O AUTOR

Ajudo você ou sua empresa a despertarem a consciência sobre o uso inteligente do dinheiro, trazendo Educação Financeira e usando o Consórcio como ferramenta para garantir a conquista dos seus sonhos e objetivos.

CATEGORIAS

REDES SOCIAIS