6 passos testados e comprovados para pagar todas as dívidas

pagar-todas-as-dividas

Veja se você se identifica com essa situação: recebe o salário do mês e paga luz, água, telefone, mercado, internet, aluguel (se tiver). Se usa cartão, paga a fatura mínima e fica no ciclo de dependência. Em questão de dias o seu dinheiro evaporou e você não conseguiu pagar todas as dívidas, porque teve que escolher as contas mais importantes. Se identificou? Saiba que esta é a realidade de 2/3 dos lares brasileiros!

São 65% das famílias com esse mesmo problema, mês a mês acumulando contas e empilhando boletos atrasados, sem saber direito o que fazer para retomar o controle da situação e, principalmente, poder sonhar novamente. Esse número foi divulgado recentemente pela Confederação Nacional do Comércio (CNC) e revela o maior nível de endividamento em 6 anos!

Se você está nessa situação, não se preocupe. Seguindo o passo a passo deste conteúdo, você vai descobrir uma solução que REALMENTE funciona!

1º Entendendo como o problema começou

Se você está sempre com o orçamento apertado e a preocupação em pagar todas as dívidas tira o seu sono, possivelmente você esteja vivendo nessa situação há um bom tempo. E a culpa disso tudo não é APENAS sua. Veja, é importante que você tenha consciência que a responsabilidade por estar nessa condição é sua, mas se alguém perguntar se algum dia você aprendeu sobre educação financeira em casa, com a sua família, ou mesmo na sua escola, qual será a sua resposta?

Certamente, você vai responder que nunca ninguém te ensinou a lidar com o seu dinheiro porque educação financeira para crianças e adolescentes ainda é tabu no Brasil. Compreendendo isso, é preciso ir mais a fundo no problema e entender qual a sua responsabilidade sobre essa situação: você está vivendo acima do seu padrão de vida! Qual o motivo disso estar acontecendo? Em que momento essa situação começou?

Nos próximos capítulos, você verá uma panorama das suas dívidas e vai entender para onde seu dinheiro está escoando.

2º Aprendendo a diferenciar 2 tipos de dívidas

2 tipos de dividas

Você já entendeu que dívida é problema de quem vive acima do seu padrão de vida, em outras palavras, de quem gasta mais do que ganha, certo? Mas você provavelmente ainda sinta dificuldades em identificar PONTUALMENTE aonde está o furo (ou furos) do seu orçamento. Mapear minuciosamente as finanças pra localizar esses problemas com precisão não é tão simples (mesmo assim, nós te ajudaremos com isso), mas você pode começar identificando dois tipos de dívidas.

São elas:

1 – Dívidas sem valor

Aqui entram todas aqueles gastos por impulso, com coisas que você compra sem que esteja realmente precisando. São compras feitas sem programação; um jantar no restaurante que poderia ter sido evitado; aquele smarthphone que você parcelou em 24 vezes só porque era um modelo mais novo; uma roupa cara que só serve pra ocupar espaço no seu guarda-roupas, enfim… Grave bem isso: dívidas sem valor são todos os gastos que NÃO CONTRIBUEM EM NADA no seu crescimento pessoal ou profissional; que não ajudam na sua qualidade de vida.

2 – Dívidas de valor

Como o próprio nome sugere, dívidas de valor são todos aqueles gastos que trazem alguma qualidade de vida ou crescimento pessoal/profissional. Isso pode ser desde o aluguel e as despesas do mês (luz, água, internet, combustível…), a prestação do carro, uma viagem, ida ao cinema, a faculdade ou as compras do mês no mercado. Mas lembre-se: mesmo que estas sejam dívidas de valor, numa situação de endividamento é muito importante que você consiga também reduzir estes gastos o máximo possível.

3º Fazendo um Raio X completo do orçamento

Quando você souber diferenciar as dívidas de valor das dívidas sem valor, já vai perceber uma mudança drástica nos seus hábitos de consumo e esse é um passo importante pra que você consiga pagar todas as dívidas.

Mas para ir além e identificar EXATAMENTE aonde está o maior problema do seu orçamento, o ideal é fazer um diagnóstico completo da sua situação financeira. Para isso, você precisa fazer um apontamento de despesas, conforme ensina a Metodologia DSOP, do PhD em Educação Financeira, Reinaldo Domingos.

Nessa etapa, você deve registrar cada centavo que entra e sai do orçamento. Não tem segredo, cada gasto que você tiver, do almoço ao chiclete no caixa, devem ser anotados separadamente, inclusive as contas parceladas. Destaque sempre a data, o item comprado e a forma de pagamento. Se você tem renda fixa, esse apontamento de despesas deve ser feito DIARIAMENTE por 30 dias. Se a renda é variável, a recomendação é fazer esses registros por 90 dias.

No final desse prazo, você finalmente vai poder identificar o que está sabotando o seu orçamento e saberá exatamente o que deve ser feito pra cortar esse mal pela raiz. Nesse ponto, muita gente fica assustada ao descobrir que uma parte enorme da renda vai embora só com supérfluos, com dívidas sem valor. Por isso, é aqui que começam a acontecer as maiores mudanças nos seus hábitos de consumo.

Readequando a dívidas

raio x no orcamento pra pagar todas as dividas

Na hora de fazer esse diagnóstico, você também precisa ter um panorama de todas as suas dívidas. Então comece registrando todas as contas – as vencidas e as que vão vencer – e organize-as por ordem de prioridade.

No topo da lista, coloque aquelas dívidas essenciais, como água, luz, gás, mercado e aluguel, se for o caso. Depois, você anota aquelas dívidas que têm bens como garantia, como imóveis e automóveis. E em terceiro lugar, registra as dívidas que têm maior taxa de juros, como o rotativo do cartão de crédito e o cheque especial.

Você anota ao lado de cada uma das dívidas um valor que você possa pagar por mês, em parcelas. Pensando nesses valores, faz uma previsão de quantos meses vai demorar para pagar todas essas dívidas, sempre calculando taxas e juros e fazendo simulações.

Você consegue quitar as suas contas sem deixar os sonhos para trás! É só usar esse apontamento de despesas e grifar as dívidas que não trazem nenhum crescimento pra sua vida e cortar todas elas da sua rotina. Com essa economia, vai sobrar dinheiro pra investir nos seus sonhos (mesmo que esse sonho seja pagar todas as dívidas).

Mas a gente sabe que pra fazer esse apontamento de despesas é preciso ter foco e disposição pra levar a agenda ou um caderno de anotações sempre junto. Pra facilitar bastante esse processo, nós disponibilizamos uma caderneta de bolso da metodologia DSOP com todos os passos prontos, é só você preencher. Pra baixar gratuitamente e imprimir, é só fazer o cadastro no formulário abaixo:


4º Colocando o sonho em primeiro lugar

De todos os passos que abordamos até agora, este provavelmente é o mais importante. SONHAR é o coração da metodologia DSOP. Isso quer dizer que todas as atitudes e decisões que você tomar a partir de hoje para organizar as finanças e pagar todas as dívidas, PRECISAM estar ancoradas nos seus sonhos. Sabe por quê? Porque são os sonhos que vão fazer você persistir nessa jornada e não desistir tão facilmente nos primeiros obstáculos.

O ideal é você “alimentar” pelo menos 3 sonhos seus e da sua família: de curto, médio e longo prazos, e se empenhar nessas realizações, que devem acontecer em 5 anos, 10 anos ou acima disso, respectivamente. Afinal, qual é o motivo primordial pra você se preocupar em organizar as suas finanças? Uma viagem? Um carro novo? Uma faculdade? A casa própria? Sua independência financeira? Pense nos 3 principais sonhos que você e sua família têm e coloque metas e prazos para realizá-los!

Agora você pode dizer que é impossível guardar dinheiro para os sonhos se a intenção é justamente pagar as dívidas. OK, mas considere que para conseguir quitar essas dívidas, você terá que poupar de qualquer maneira, certo? Se não alimentar os seus sonhos, você pode desanimar e ficar sem forças pra conseguir concluir essa missão com êxito. É possível que esta seja a sua ÚNICA saída!

E se você acha que é muito difícil fazer sobrar dinheiro pra investir num sonho, leia o próximo capítulo.

5º Fazendo um novo orçamento

novo orcamento pra pagar todas as dividas

Antes de iniciarmos este capítulo, é preciso que você compreenda que está se educando financeiramente para pagar todas as dívidas, e isso inclui mudar os hábitos e quebrar alguns paradigmas ou crenças que estão limitando o seu comportamento e te impedindo de ir pra frente. É possível que você sinta alguma resistência quando entender como funciona o orçamento financeiro DSOP, portanto, abra sua mente antes de prosseguir, OK?

Muita gente usa planilhas físicas ou no Excel pra fazer o orçamento mensal tradicional. Normalmente, é assim que acontece: Ganhos – Despesas = sobra ou prejuízo. Pega-se toda a renda, paga-se todas as contas e se sobrar algo é lucro. Se não sobrar, deu prejuízo. O orçamento DSOP é invertido. Você coloca o SEU SONHO (ou os sonhos da sua família) como prioridade no orçamento.

Então preste atenção neste detalhe que faz toda a diferença pra garantir que esse método funcione: antes de pagar as dívidas, PRIMEIRO você separa o dinheiro que vai para os sonhos, e só depois acerta suas contas e faz mais despesas. É muito importante que você direcione nem que seja um pequeno percentual da sua renda para os seus sonhos. Só assim você conseguirá se libertar desse ciclo que te torna um mero pagador de contas. Invista primeiro no seu sonho!

A metodologia DSOP também disponibiliza uma ferramenta gratuita pra você fazer esse novo orçamento ancorado nos seus sonhos, é só preencher o formulário abaixo:


6º Aprendendo a metodologia completa para pagar todas as dívidas

O que apresentamos aqui foi apenas uma pequena parte de uma metodologia completa que realmente funciona numa estratégia para pagar todas as dívidas. A obra integral de Reinaldo Domingos, “Como quitar suas dívidas”, está disponível nas melhores livrarias do Brasil e também no site da DSOP.

Mas a Redesul encontrou uma maneira EXCLUSIVA para apresentar essa metodologia. Dividimos a obra em 16 passos pra você assistir GRATUITAMENTE no YouTube. Cada passo é explicado separadamente e se você reservar 2 minutos por dia pra aprender, em apenas 2 semanas você saberá exatamente o que deve fazer para pagar todas as suas dívidas de uma vez e PARA SEMPRE.

Aproveite enquanto essa série está disponível gratuitamente! Deixaremos para você o primeiro passo, depois é só seguir a ordem e se inscrever no nosso canal pra ficar por dentro das melhores orientações sobre educação financeira.

Deixe aqui o seu comentário

SOBRE O AUTOR

Ajudo você ou sua empresa a despertarem a consciência sobre o uso inteligente do dinheiro, trazendo Educação Financeira e usando o Consórcio como ferramenta para garantir a conquista dos seus sonhos e objetivos.

CATEGORIAS

REDES SOCIAIS

Shopping Basket