O que é Management 3.0: conheça agora este modelo de gestão

o que e management 3.0


A rapidez e a quantidade de mudanças que ocorrem no mundo atual impactam diretamente as empresas e a forma como devem atuar a fim de manterem seu crescimento e atingirem o sucesso. Entender o que é Management 3.0 pode ser um diferencial e tanto para quem busca um modelo de gestão eficiente e inovador.

Nesse post, vamos explorar os principais aspectos dessa abordagem administrativa e também percorrer um pouco de seu histórico a fim de que você entenda a fundo do que se trata. Continue lendo para saber mais!

O que é Management 3.0?

Em um ambiente disruptivo como o mercado contemporâneo não é mais possível se ater a modelos de gestão ultrapassados e esperar que os resultados continuem chegando. Hoje, tantas as empresas, quantos seus colaboradores precisam de maior autonomia e dinamicidade na forma de desenvolverem seus trabalhos.

Não é à toa que, em um contexto como esse, a forma como os profissionais podem contribuir para o crescimento de um negócio tem sido cada vez mais flexível. Seja por meio do home office ou tarefas em projetos pontuais, que não exigem a presença do funcionário 8 horas por dia dentro da empresa, são muito os exemplos de como as transformações se fazem importantes no cotidiano de diversos empresas.

Em suma, o Management 3.0 tem seu foco nas pessoas, na satisfação dos colaboradores, no desenvolvimento da autonomia deles e, obviamente, no crescimento da empresa. Dessa forma, em um ambiente de melhoria constante e liberdade direcionada para melhores resultados, se consegue a dinamicidade necessária para se alcançar esses desdobramentos.

O que foi o Management 1.0?

Durante a era industrial, o foco estava no comando e controle que foram úteis para a fabricação de modelos em série. Hoje, com produtos e serviços cada vez mais personalizados e especializados, esse modelo de gestão caiu por terra. Porém, teve sua razão de existir em uma era na qual os funcionários eram meros cumpridores de tarefas.

O que foi o Management 2.0?

Na era do Management 2.0 e da relativa flexibilização das relações de trabalho, começou a se pensar em modelos menos engessados e que pudessem se adaptar às primeiras mudanças ocorridas entre a era industrial e a atual, que é a tecnológica. Porém, grande parte das alternativas propostas eram mais voltadas para a satisfação do gestor do que do colaborador. Alguns exemplos disso são o Six Sigma e o Good to Great, que foram avanços importantes até algum tempo atrás, mas que hoje já estão sendo ultrapassados também.

Como se chegou ao Management 3.0?

como se chegou ao management 3.0

Você talvez já tenha ouvido falar de quanto a tecnologia empoderou o consumidor, não é mesmo? Pois bem, é um pouco mais do que isso. Pode-se dizer que a internet empoderou as pessoas e mudou não só a forma de consumo, como as relações de uma maneira geral, inclusive as de ordem profissional. É justamente nesse mote que surge o Management 3.0 focado na valorização dos colaboradores, por meio do desenvolvimento constante da autonomia e em equipes capazes de se autogerirem.

Em um momento onde empresas e pessoas se tornam cada vez mais multitarefas, criar um ambiente dinâmico e motivado é a chave para superar quaisquer obstáculos que venham surgir. Sem isso, o crescimento fica engessado e os resultados limitados dentro de um empreendimento.

Os 5 princípios do Management 3.0

Depois de conhecer a base do Management 3.0 e seu histórico, você já deve estar bastante curioso para conhecer os pilares dessa forma de gestão. Existem 5 princípios que guiam esse método — que, por sinal não é uma ideia fechada, como o próprio criador Jurgen Apello afirma — para ajudá-lo a fazer o máximo com seu empreendimento. Confira:

  1. energizar pessoas: foi-se o tempo em que os profissionais aceitavam ser somente cumpridores de tarefas. Os melhores e mais qualificados sempre vão querer algo a mais que os deixará motivados. Aproveite isso para ir além;
  2. empoderar times: não é só sobre valorizar indivíduos, mas sim sobre construir times fortes e autônomos, com poder de decisão e que possam atuar com agilidade;
  3. alinhar restrições: com tanta liberdade nesse novo ambiente de trabalho, é essencial alinhar o que deve ser evitado a fim de não minar esse processo de autonomia;
  4. desenvolver competências: lembre-se de que o mundo não para de mudar e os seus colaboradores devem estar cientes disso e receberem o devido impulso e incentivo para se atualizarem;
  5. melhorar tudo: esse ponto é uma extensão do anterior. Melhore não só as pessoas, mas o local de trabalho, a infraestrutura e o que mais precisar para estar sempre à frente.

Com tantos incentivos em sua empresa, fica óbvio que a colheita desse esforço será positiva.

Management 3.0 é Método Ágil?

management 3.0 é agil

O M30 e o Método Ágil partem do mesmo princípio de trazer maior autonomia e dinamicidade às empresas. Porém, métodos ágeis costumam ser focados em questões e projetos pontuais, enquanto o M30 vai muito além disso e engloba as práticas de gestão de uma forma geral. Ainda que ambos sejam benéficos, pode-se dizer que o Management 3.0 é mais consistente e abrangente.

Como colocar em prática o Management 3.0?

Colocar o M30 em prática exigirá uma mudança de atitude em seu negócio. A cultura organizacional será modificada e, provavelmente, parte da infraestrutura também. Afinal, o objetivo será promover maior integração entre os profissionais e constante desenvolvimento dos mesmos, a fim de mantê-los alinhados com o crescimento e as mudanças da empresa.

Algumas possíveis atitudes básicas para instaurar o Management 3.0 em seu empreendimento são:

  • reúna seus colaboradores e informe sobre as transformações que começarão a ocorrer dali em diante;
  • delegue pequenas responsabilidades e, aos poucos, vá aumentando a autonomia e poder de decisão de cada membro;
  • forme equipes autônomas, a fim de desemperrar e descentralizar o processo burocrático que arrasta o seu negócio;
  • conheça seus colaboradores, incentive o potencial de cada um e apresente formas de aplicar esses potenciais cotidianamente;
  • faça novas reuniões práticas e rápidas que sirvam para acompanhar o desenvolvimento de todas essas transformações.

Como você vê, essa abordagem pode ser bastante frutífera. Agora que tem as informações certas, procure aprimorar a forma como vem gerindo o seu negócio e alcance resultados mais significativos.

Se gostou de saber o que é Management 3.0, assine agora mesmo nossa newsletter para continuar acessando conteúdos riquíssimos para empresas, é só clicar aqui.

Deixe aqui o seu comentário

SOBRE O AUTOR

Ajudo você ou sua empresa a despertarem a consciência sobre o uso inteligente do dinheiro, trazendo Educação Financeira e usando o Consórcio como ferramenta para garantir a conquista dos seus sonhos e objetivos.

CATEGORIAS

REDES SOCIAIS