Investimento a longo prazo: você sabe quais são as melhores opções?

Redação Redesul :)

Redação Redesul :)

O melhor da Redesul com estratégias para prosperar e aumentar seus investimentos.

investimento a longo prazo

Quais são os seus planos? Viajar bastante? Comprar um imóvel? Fazer sua empresa crescer? Ou mesmo garantir uma fonte de renda segura para quando chegar a hora de parar de trabalhar? Pois saiba que todos esses objetivos, e muitos outros, envolvem um bom planejamento, o que inclui pensar em formas de investimento a longo prazo.

Se você tem interesse em conhecer as vantagens de planejar e investir seu dinheiro para realizar sonhos no futuro, neste conteúdo você vai descobrir os benefícios dessa opção e quais os principais investimentos desse tipo disponíveis no mercado. Confira!

Por que investir a longo prazo?

Pra começar, todo investimento deve visar um objetivo, seja ele de curto, médio ou longo prazo. Acontece que muitos brasileiros não possuem bases sólidas de educação financeira e, por isso, não gostam de pensar em investimentos que levarão anos para se concretizarem e isso infelizmente é cultural. Não há problema em investir estabelecendo uma meta para o ano que vem, por exemplo. Todavia, não pensar em prazos mais longos, como 5, 10 e até 20 anos pode trazer consequências desagradáveis lá na frente.

O que queremos dizer é que planejar o futuro permite que você e sua família usufruam de uma segurança maior e consigam cumprir as metas que foram estabelecidas sem abrir mão de outros pontos importantes. Afinal, as despesas do cotidiano não devem ser interrompidas e os momentos de lazer e descontração são indispensáveis, mesmo quando o foco é fazer uma reserva de dinheiro para alcançar sua meta.

Quais são os principais benefícios de investir pensando no longo prazo?

Mas quando falamos no longo prazo, estamos nos referindo a exatamente quanto tempo? Não há uma regra específica sobre isso, mas costuma-se empregar como referência períodos superiores a 5 anos. Já quando falamos de investimentos entre 2 e 5 anos, estamos nos referindo ao médio prazo. Abaixo disso, toda aplicação é classificada como sendo de curto prazo. Com isso em mente, veja quais são os benefícios se investir pensando no longo prazo.

Consciência tranquila

É comum o nervosismo diante de investimentos em renda variável, cujas instabilidades podem comprometer a rentabilidade ou mesmo a segurança do dinheiro investido. Nesses momentos de tensão, é comum que decisões equivocadas sejam tomadas.

No entanto, quem investe no longo prazo, fica mais protegido diante dessas instabilidades e ganha tempo para pensar. Além disso, levando em conta o período de investimento, pequenas perdas no presente podem ser recuperadas no futuro.

Isso permite, também, que o investidor não precise acompanhar diariamente as notícias que afetam o seu investimento e que costumam gerar bastante tensão.

Economia em impostos e taxas

A maioria dos investimentos apresenta alguns custos embutidos, além disso, sobre certas aplicações também incide a cobrança de imposto de renda. Investir a longo prazo pode gerar uma economia em ambos os aspectos.

É muito simples perceber isso no imposto de renda, que tem alíquotas menores à medida que o tempo de aplicação aumenta. Um investimento com 360 dias, por exemplo, paga 22,5% sobre o rendimento. Já uma aplicação que permanece por mais de 720 dias sofre com uma mordida do Leão menor, de 15%.

Histórico de ganhos

Uma aplicação pode ter rendimento ruim no curto prazo, apresentando perdas, mas ter resultados positivos no longo prazo. Essa é outra vantagem de investir por períodos maiores, já que o histórico de ganhos considerando fatias grandes de tempo pode se revelar bastante vantajoso.

Conheça 3 tipos de investimento a longo prazo

Agora que você já sabe o porquê de investir pensando no longo prazo e quais são as principais vantagens dessa atitude, confira abaixo três boas opções de investimento com essas características.

1. Tesouro Direto

Embora a maioria da população brasileira ainda escolha a caderneta de poupança como investimento – o que comprova a baixa educação financeira dos brasileiros – cada vez mais pessoas optam pelo Tesouro Direto na hora de investir. E não é à toa, já que essa forma de investimento combina segurança e boa rentabilidade.

O Tesouro Direto é a plataforma de negociação dos títulos públicos. Quem investe em um desses papéis está emprestando dinheiro para o Estado, para que ele se financie. Com isso, o investidor recebe o montante aplicado, acrescidos dos juros combinados no momento da aplicação.

Para quem vai investir pensando no longo prazo, a boa notícia é de que existem títulos com vencimento de mais de 20 anos. Outra vantagem do Tesouro Direto é que é possível começar com pequenas quantias (cerca de R$30).

Esta opção é tão segura quanto a poupança e, só para você ter uma ideia, mesmo com a baixa de 5% da Selic, o Tesouro Direto está rendendo 0,78% ao ano, enquanto a poupança apresenta 0,38% de rendimento ao ano nesse cenário, praticamente a metade da rentabilidade do primeiro.

2.Ações

Para quem procura uma rentabilidade maior e está disposto a arriscar mais, as Ações podem ser uma boa aplicação de longo prazo. Elas são a menor parte de uma empresa, assim, quem adquire uma Ação investe seu dinheiro no desenvolvimento da companhia escolhida. Caso ela prospere, recebe o retorno por isso, podendo vender por um preço muito maior daquele pago originalmente.

As Ações exigem um nível de conhecimento maior do investidor, que precisa avaliar bem quais empresas têm potencial de valorização no longo prazo. Ainda assim, mesmo com uma boa análise, investir em Ações pode ser arriscado, já que são investimentos de renda variável e oscilam de acordo com diversos aspectos que muitas vezes são imprevisíveis. Se você não tem experiência no mercado financeiro, aqui vale contar com a expertise de um profissional.

3.Consórcio

Embora o consórcio possua estratégias de aquisição de crédito rápida e imediata, ele também é uma opção de investimento a longo prazo. É seguro, com retorno garantido e com a vantagem de você não precisar ser especialista no mercado financeiro para investir com esse sistema. No consórcio, um grupo de pessoas, físicas ou jurídicas, se reúne com o objetivo de acumular o dinheiro necessário para a compra de um bem ou serviço.

Pra chegar à soma necessária para a aquisição do bem, os participantes investem nas parcelas mensais, e essa contribuição resulta todos os meses no valor total do bem, que será entregue aos participantes contemplados, via sorteio em assembleias. Quem quer antecipar a contemplação sem depender da sorte, pode ofertar um lance, que nada mais é do que adiantar algumas parcelas.

Todo esse processo acontece sem a cobrança de juros, diferentemente dos financiamentos bancários, por exemplo. O que existe é uma taxa administrativa cerca de 10 vezes mais barata que os juros de empréstimos ou financiamentos. Dessa forma, o consórcio é uma ótima forma de investimento a longo prazo, pois permite a quem participa melhorar a sua programação financeira com o objetivo de aumentar patrimônio e realizar sonhos. E tudo isso de forma garantida e sem riscos!

Para ter sucesso em um consórcio, procure administradoras e corretoras de confiança, escolha o tipo de bem desejado (que pode ser um imóvel ou um veículo, por exemplo) e decida a parcela que cabe no seu bolso, bem como os prazos.

Eduque-se financeiramente

Viu como investimentos a longo prazo podem ser um excelente negócio para você planejar as suas finanças e ter tranqiulidade no futuro? Por isso, avalie a sua situação financeira, considere seus objetivos e coloque as orientações deste post em prática.

Se você achou esse texto útil, nós temos muitos conteúdos sobre educação financeira com orientações valiosísismas para pessoas físicas e jurídicas. Se você gostaria de se educar financeiramente de maneira prática e sem segredo, siga-nos na redes sociais! Estamos no Facebook, no Instagram, no Linkedin e no YouTube.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Onde investir o seu dinheiro em 2021-2022?

Consumidores chegam pagar 30% mais em carros de luxo quando não prestam atenção nisso

Entenda o que é e como fazer antecipação de recebíveis

5 práticas para fazer uma boa gestão financeira empresarial

Entenda as vantagens de ter um imóvel para renda

Quer saber por que as empresas fecham? Veja as principais causas!

Materiais Educativos

Como conseguir capital de giro com consórcio

Crédito para investir no que quiser na sua empresa, pagando no mínimo duas vezes mais barato que empréstimo e no prazo certo.

Fale com nossos especialistas.

Trabalhe com a Redesul

Anexar Currículo no formato: .doc .pdf .docx (max 5mb )