Consórcio: é possível alterar o valor da carta de crédito?

Redação Redesul :)

Redação Redesul :)

O melhor da Redesul com estratégias para prosperar e aumentar seus investimentos.

De todas as formas que o brasileiro tem buscado para conquistar um bem ou serviço de alto valor, o consórcio prova ser a melhor opção em meio à instabilidade econômica. Pra se ter uma ideia, nos primeiros meses de 2018 o sistema bateu o recorde dos últimos cinco anos. Só em abril, o número de consorciados ativos chegou a 7 milhões no Brasil, segundo a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC).

Isso significa que unir-se a grupos com pessoas que têm os mesmos objetivos é a solução perfeita pra quem não quer pegar emprestado de bancos e pagar taxas de juros abusivas em financiamentos. Essa forma de economia colaborativa tem cativado centenas de milhares de brasileiros que já planejam a realização de sonhos, desde a aquisição da casa própria ou terreno, do carro novo e até mesmo capital de giro para empresários.   

No sistema de consórcio, não existe empréstimo, não há juros e não há entrada. O consorciado apenas compromete-se em investir mensalmente em parcelas justas, que cabem no bolso. Respeitando o tempo de consórcio e a Lei 11795/08, todos os cotistas serão sorteados e até o final do período estabelecido em contrato terão a carta de crédito em mãos.

Por que alterar o valor da carta?

Sendo o consórcio um investimento de médio/longo prazo, o cotista está sujeito a diversos fatores mercadológicos, como a variação de valores de bens e serviços. Por exemplo, se um investidor adquiriu um consórcio de um veículo que inicialmente custava R$ 38 mil, mas quando foi contemplado o preço do bem já estava em R$ 42 mil, o valor da carta de crédito será adaptado a este último. Isso é possível porque existe uma regra de atualização de crédito, disponível no consórcio.

Por outro lado, se o consorciado mudar os planos ao longo do tempo, ainda existe a possibilidade de solicitar um pedido de alteração de crédito. Isso é comum acontecer, porque mudar de ideia também faz parte do processo. Por exemplo, um investidor solteiro que planejava investir em um apartamento compacto e confortável, pode mudar de ideia após casar e ter filhos.

Essas alterações no valor da carta de crédito existem justamente para que o cotista consiga adaptar o consórcio exatamente às suas necessidades naquele momento. Por isso, o crédito da carta pode ser aumentado ou reduzido até o limite especificado em contrato.

Portanto, é possível, sim, pedir a alteração do valor da carta. Mas, para isso, alguns critérios devem ser obedecidos, como:

  • Pagar em dia as mensalidades do consórcio;
  • Não ter sido contemplado até o momento do requerimento;
  • Respeitar os valores de crédito disponíveis previstos em contrato do grupo;
  • Passar por nova análise de crédito;
  • Verificar se o grupo de consórcio consegue arcar com o novo valor.

Já fui contemplado, e agora?

Como já foi abordado, o pedido de alteração da carta de crédito não pode ser feito por cotistas contemplados. Contudo, caso o consorciado já tenha sido sorteado, mas precisa de um valor maior para adquirir o bem ou serviço, ainda existe a possibilidade de negociar a entrada e algumas parcelas diretamente com a imobiliária, concessionária ou agência responsável pelo serviço.  

De outra forma, se o cotista for contemplado e não pretende usar todo o valor da carta de crédito, ele tem a possibilidade de usar esse extra de diversas formas:

  • Investindo em serviços relacionados à sua compra, como vistoria, emplacamento, transferência de propriedade, registros e seguros, entre outros. (Respeitando os 10% do valor total da carta de crédito ou a porcentagem estabelecida em contrato);
  • Quitar as parcelas do seu consórcio que ainda estejam em aberto, sempre de acordo com seu contrato do plano;
  • Aguardar o término do pagamento de todas as suas parcelas do consórcio e receber a diferença do que não foi utilizado.

É importante que o investidor escolha administradoras de confiança e bem avaliadas, e que sempre converse com um especialista para compreender cada termo do contrato e cada fase do processo. Desta forma, planejando e economizando, qualquer pessoa pode conquistar um bem ou serviço ganhando tempo e dinheiro através do consórcio.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Onde investir o seu dinheiro em 2021-2022?

Consumidores chegam pagar 30% mais em carros de luxo quando não prestam atenção nisso

Entenda as vantagens de ter um imóvel para renda

Quer saber por que as empresas fecham? Veja as principais causas!

Por que a busca por consórcio imobiliário aumentou na pandemia?

A Única Maneira Comprovada de Comprar um Carro Parcelado Sem Juros

Materiais Educativos

Como conseguir capital de giro com consórcio

Crédito para investir no que quiser na sua empresa, pagando no mínimo duas vezes mais barato que empréstimo e no prazo certo.

Fale com nossos especialistas.

Trabalhe com a Redesul

Anexar Currículo no formato: .doc .pdf .docx (max 5mb )